Paz e meditação | Templo budista Khadro Ling em Três Coroas

O Khadro Ling é um centro de prática do budismo tibetano, onde, desde a sua construção, em 1996, já se expressava o desejo de que todos pudessem ser beneficiados em suas visitas com a paz e a calma desse lugar, independente da sua religião, um desejo do mestre Chagdud Tulku Rimpoche, idealizador do templo.

Um passeio e tanto

O Khadro Ling, mais conhecido como Templo Budista de Três Coroas, é a sede do Chagdud Gonpa Brasil, uma organização sem fins lucrativos destinada ao estudo e à prática do budismo tibetano. O lugar começou a ser pensado em 1994, quando Chagdud Tulku Rinpoche encantou-se com a beleza da região e decidiu estabelecer um centro no lugar. Em 1995, Rinpoche (título do budismo tibetano que se dá a um lama considerado precioso por seu conhecimento) mudou-se para onde hoje está o Khadro Ling. Desde então, artistas tibetanos, brasileiros e indianos, entre outros de diferentes nacionalidades, ajudaram a construir o local com belas pinturas e monumentos.

Veja algumas fotos do lugar:

templo budista tres coroas

três coroas

 

Resumo do que você pode visitar no local e de como pode participar:

 

Prática de meditação aberta ao público

Domingos, das 9h às 10h: meditação Tara Vermelha.

Como participar: chegue com 10 min de antecedência e siga para o Templo.

 

Templo (la kang)

Tradicional templo budista tibetano no estilo nyingma, com murais repletos de imagens de deidades, trechos da história do Buda Shakiamuni e diversos tipos de estátuas.

Não oferecemos visitações guiadas, mas, nos nossos horários normais de visitação, você sempre encontrará uma pessoa pronta para atendê-lo e para responder dúvidas.

Também há locais preparados para que você possa se sentar e meditar.

Não é permitido fotografar na parte interna do templo.

Terra Pura de Guru Rinpoche

A Terra Pura está aberta à visitação externa aos sábados e domingos, das 9h às 16h30min. Durante a semana, fica fechada.

Lá, você poderá ver estátuas das diversas manifestações de Guru Rinpoche, o mestre indiano que levou o budismo vajrayana ao Tibet.

Pinturas em todas as paredes contam a história da vida de Padmasambava, além de retratar vários outros mestres importantes da linhagem nyingma.

As cinzas do fundador do Khadro Ling, S. Ema. Chagdud Tulku Rinpoche, estão dispostas numa estupa, ao fundo da sala.

 

Estupas

Na área externa do templo, há oito estupas, monumentos que representam as qualidades da mente iluminada.

 

Estátuas

S. Ema. Chagdud Rinpoche pessoalmente criou duas grandes estátuas na área externa do Khadro Ling:

 

Buda Akshobia

O Buda Akshobia estabeleceu a intenção de que os seres sencientes pudessem purificar até mesmo desvirtues extremas, como raiva, assassinato e suicídio.

 

Guru Rinpoche

Considerado como o segundo Buda, Guru Rinpoche foi um dos principais mestres a levar o budismo vajrayana para o Tibet.

 

Jardim das 21 Taras

Coleção de 21 estátuas de pedra representado Arya Tara, manifestação feminina da mente iluminada.

 

Rodas de Oração

Enormes cilindros contendo mantras. Eles giram continuamente, espalhando bênçãos para a região e para todos que entram em contato com eles.

 

Bandeiras de oração

As bandeiras são pedaços de tecido, nos quais são impressos mantras e preces. Elas são dispostas ao vento, com a intenção de espalhar bênçãos para a região.

 

Casa das lamparinas

Onde são oferecidas as lamparinas que praticantes e visitantes oferecem todos os dias no Khadro Ling. Você pode vê-las a partir de uma grande porta de vidro.

 

ONDE FICA?

– Endereço: Estrada Linha Águas Brancas, 1211, em Três Coroas, fone (51) 3546-8200

– Site: http://kl.chagdud.org/

– Visitação gratuita: de quarta a sexta, das 9h30min às 11h30min e das 14h às 17h. Sábados e domingos: das 9h às 16h30min. É fechado nas segundas e terças-feiras.

 

 

Gostou? Nos curta no Facebook!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta