Novo serviço de transporte leva turistas de Gramado e Canela à região do Vale dos Vinhedos

Visitar o Vale dos Vinhedos, na Serra, já se tornou programa quase obrigatório para turistas hospedados em Gramado, Canela e Nova Petrópolis que não abrem mão de apreciar os excelentes vinhos elaborados pelas vinícolas locais. Inspirada em ônibus turísticos das principais cidades do mundo, especialmente no tour de vinhos da Cidade do Cabo, na África do Sul, a agência de receptivo Citral Serra acaba de lançar um serviço para tornar mais relaxante o passeio dos enófilos de carteirinha.

Com saídas às sextas-feiras dos principais hotéis da Região das Hortênsias, o Circuito dos Vinhos é uma oportunidade bacana para quem quer conhecer a principal região produtora do Brasil sem se privar de degustar os excelentes vinhos e espumantes lá elaborados. Até então, quem queria visitar o Vale tinha de contratar um guia particular ou locar um carro. Nesse caso, alguém tinha de ficar sem beber por dirigir

A partir das 8h, uma van com capacidade para até 24 pessoas começa a recolher os participantes nos hotéis e, por volta das 8h45min, se dirige ao Vale dos Vinhedos em um trajeto de aproximadamente duas horas. Tendo como ponto de referência a sede da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), na entrada do roteiro enoturístico, o veículo dá cinco voltas pelo Vale (veja na página ao lado), passando por 20 vinícolas, nove restaurantes e outras opções de comércio de produtos coloniais, artesanato e artigos em couro, além do famoso pórtico da cidade, em forma de pipa.

Cada um pode escolher onde quer descer do ônibus e, na volta seguinte, subir novamente e descer em outro ponto

Outro diferencial é que o motorista da van também é guia turístico. Ou seja: durante todo o passeio, os turistas recebem informações sobre os locais por onde estão passando.

Algumas paradas:

Itallinni Biscotteria
Instalada em uma casa de 1965 que pertenceu à família Brandelli, essa charmosa biscoiteria administrada pelas irmãs Jacinta Burille Valente e Lúcia Burille oferece biscoitos produzidos artesanalmente no porão do prédio. No total, são 17 sabores, sendo três salgados (gergelim, manjericão e parmesão) e 14 doces, que vão dos tradicionais goiabinha, limão e cacau com gotas de chocolate até uma receita que leva vinho merlot na massa e uva passa hidratada. Há ainda opções sem glúten e sem lactose. Conta Jacinta que Lúcia pegou quatro receitas da avó Liduvina, hoje com 92 anos, e fazia para dar de presente para amigos. Em 2010, decidiu-se por transformar em negócio, e foram desenvolvidas outras receitas que passaram a ser vendidas.
-Visitação e degustação diariamente, das 9h às 17h.
– Mais informações: itallinni.com.br

Vinícola Miolo
-Gigante do setor, a Miolo recebe turistas para degustações e tours guiados que contam um pouco da história da empresa desde a chegada de Giuseppe Miolo à região, em 1897, até os dias atuais, passando por todas as etapas da produção de vinhos, espumantes e sucos de uva. Diariamente, há um minicurso que envolve visitação acompanhada por um enólogo, com degustação dirigida de vinhos e espumantes, além de noções de harmonização e analise sensorial. Ao final, o participante recebe o Manual do Vinho Miolo, com dicas sobre variedades de uvas, elaboração, serviços e harmonização.
-Visitação guiada de segunda a sábado, das 9h às 16h30min. Aos domingos, das 10h30min às 15h30min.
-Mais informações: www.miolo.com.br/enoturismo

Vinícola Cave de Pedra
-Uma das primeiras vinícolas boutique do Brasil, está instalada em um imponente castelo de pedra construído inteiramente em basalto, que favorece a manutenção constante das temperaturas amenas, importante para amadurecimento de vinhos e espumantes. No passeio, é possível subir nas torres e participar de degustações com olhos vendados, ou seja, literalmente às cegas. O roteiro de visitação inicia no túnel do castelo enoturístico, seguindo para as caves subterrâneas e a área de amadurecimento dos vinhos em barricas de carvalho.
-Visitas diariamente (incluindo feriados), das 9h30min às 18h, e aos domingos, das 9h30min às 17h.
-Mais informações:cavedepedra.com.br/#enoturismo

Restaurante Maria Valduga
-Batizado com o nome da matriarca da Famiglia Valduga e uma das precursoras da enogastronomia no Vale dos Vinhedos, este elegante espaço é uma das opções para almoço no Circuito dos Vinhos. Mesa farta e receitas simples da culinária de influência italiana compõem o cardápio, que traz delícias como galeto e costela suína, massas artesanais preparadas no local, saladas e sobremesas como panna cotta e sagu, sem dúvida o mais pedido da casa. O serviço é apresentado numa versão slow food e tem duração mínima de uma hora e trinta minutos.
– Atende diariamente das 12h às 15h30min; À noite das 20h às 22h30min, mediante reserva.
-Mais informações: casavalduga.com.br/enoturismo/gastronomia/

Como fazer o Circuito dos Vinhedos

Quando: às sextas-feiras, entre 8h e 8h45min, uma van busca os participantes nos principais hotéis de Gramado, Canela e Nova Petrópolis. Chegada no Vale dos Vinhedos às 10h45min. As saídas do ponto de referência, na Aprovale, ocorrem às 10h45min, 12h, 14h, 15h30min e 16h30min.
Mais informações: citralserra.com.br.

 


Gostou? Nos curta no Facebook!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta